Siga por Email

30 de junho de 2011

A verdadeira história dos Super-Heróis

Alguns anos atrás escrevi a peça teatral chamada COMICS - a verdadeira história dos super-heróis. Foi um texto divertido que fez com que tivesse sucesso de bilheteria no Festival de Teatro de Curitiba. Lembrando os áureos tempos, acabei percebendo que existem segredos capazes de desmascarar estes próprios super-heróis...

- O incrível Hulk na verdade nasceu a partir da manipulação errada de anabolisantes e esteróides. A verdade é que ele queria participar do concurso de fisiculturismo, mas exagerou na dose de esteróides para cavalos e acabou com a cara do Shreck.

- O Capitão América foi um produto fabricado pelo exército dos Estados Unidos buscando o soldado perfeito. Com músculos, loiro, olhos azuis, roupa coladinha, botas e máscara confeccionadas por uma estilista internacional e um escudo que tem uma estrela... Soldado perfeito pra quem? Pra Barbie? Ele por acaso seria uma versão não autorizada do Ken? Pra mim ele era viciado em alguma droga pesada e foi reprogramado pra trincar os dentes em prol de uma ideologia estadunidense controladora. O Tio San diz: quer se drogar? Olha o que você vai virar...

- O Quarteto Fantástico era um grupo de amigos que fez uma festinha tão doida que se imaginaram no espaço injetando tanto ácido que viraram aberrações. Muita maconha fez lesões no cérebro deles e um não conseguia mais enxergar o outro... o outro pegava fogo, o outro se esticava tanto que parecia elástico... e o outro... era uma Coisa.

- O Homem de Ferro é a verdade máxima de um nerd filho de um trilhardário que ficava o dia inteiro em casa invadindo sistemas governamentais, como os sites brasileiros, e depois ficava se gabando no MSN assistindo MATRIX enquando tomava coca-cola. Adivinha quem inventou o I-PHONE e o I-PAD... o Homem de Ferro.

- O Homem-Aranha foi o resultado de uma vacina anti-aracnídea que deu efeitos colaterais, misturado a bebida e esteróides adolescentes para emagrecer. Peter Parker nunca foi fotógrafo, era um egocêntrico convencido que vivia batendo fotos de si e colocando no orkut. O Clarin Diário chupava essas fotos dele fantasiado de Aranha e distorceram o nome para Homem-Aranha.

- O Thor era um transformista performático que fazia shows com Tina Turner e depois com Madonna, mas com a queda deste tipo de mercado, ele decidiu fazer shows solos em club's europeus holandeses. Daí surgiu o mito de Thor, o Deus do Trovão. Por causa de um número dele que misturava rock que trovejava com performances aeróbicos bastante originais.

- Lanterna Verde era do PT até ser expulso do partido por não concordar com a política governamental de LULA. Ele saiu e acabou se juntando com Marina Silva no cenário político do PV, mas não teve muita expressão por ser tesoureiro da campanha dela com Guilherme Leal. Atualmente ele estuda a possibilidade de se mudar para a Amazônia e lutar por bandeiras sociais mais... verdes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário