Siga por Email

27 de junho de 2011

Esportes radicais do cotidiano

Hoje em dia a gente vive uma sociedade que é motivada a não ser motivada. Pra que caminhar se você pode ter um carro cada vez mais pequeno que caiba em todos os lugares? Pra que andar na rua se a academia tem uma esteira com televisão? Pra que cozinhar se você pode pedir qualquer coisa pelo telefone e o motoboy traz rapidinho? Mesmo assim, correndo contra a corrente... Eu pratico esportes radicais...

Eu como em fast food's...

Eu ando à noite no centro da cidade a pé por opção...

Eu jogo futebol todos os dias... No videogame...

Eu dirijo sem fazer o exame oftalmológico há dez anos...

Eu arrisco passar o cartão de crédito no final do mês...

Eu olho o saldo do banco negativo uma vez por semana...

Eu procuro vagas de estacionamento no shopping nos finais de semana...

Eu faço contorcionismo com o orçamento doméstico...

Eu faço aquecimento da cama depois das refeições...

Eu faço levantamento de estatística sobre os números da Megassena...


Esses esportes radicais são tão intensos que podem prejudicar a saúde dos aventureiros... Tais práticas requerem muita experiência e muita coragem... Se bem que hoje em dia, é obrigatório coragem pra viver em meio a tantos praticantes de esporte radical contemporâneo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário