Siga por Email

26 de abril de 2011

Coisas que eu aprendo ao ler jornais

Todo dia tenho a árdua tarefa de saber o que está acontecendo no mundo. Por que árdua? Não basta se informar, é preciso sofrer. Primeiro que você precisa tomar decisões, tanto no impresso quanto no virtual? São 654 tipos de editorias, 343 títulos chamativos, 398 tipos de lides feitas pra te cativar a leitura. E no final das contas, você acava deprimido porque é impossível ler tudo. Desenvolvi, portanto, uma técnica, eu sei o que acontece no mundo vendo somente as chamadas jornalísticas:

"Leite materno de filho de Elton John chega pelo correio". - Pronto... Já sei que o Elton John é mãe, tem a teta atrofiada pela natureza, por isso deve ter comprado leite materno de um site de compras coletivas, talvez o Peixe Urbano...

"Estudo indica que perder peso é a melhor forma de curar o ronco" - Pronto... Entendi agora que o McDonald's causa insônia na pessoa que costuma acompanhar seu cônjuge nos lanches. Ou também, quem faz greve de fome, dorme tranquilamente.

"Cerimônia do oscar será realizada em 26 de fevereiro de 2012" - Quer dizer que até essa data, com certeza, o povo de Hollywood, e por consequência, aquela galera que disse a data de destruição do mundo, falou que até aí dá pra fazer planos e programar atividades. A partir desta data, parece que eles dizem o seguinte: a partir de 27 de fevereiro, 2012 vai acabar o mundo.

Agora fica a questão: se acabar o mundo, como a gente vai ficar sabendo que ele acabou? Fica essa questão no ar, afinal de contas, não teremos mais títulos de jornais para nos informar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário