Siga por Email

6 de julho de 2011

Coisas que aprendi com a mídia

O que eu aprendi essa semana sobre a leitura que tenho de notícias da mídia em geral? Aprendi muita coisa... Como por exemplo, que há IML's brasileiros em estado de decomposição. Existem casos que os moradores do IML precisam se amontoar em superlotação porque não há onde colocar tanto morto. Essa eu quase morri de rir, mas é verdade.

Outra notícia extremamente interessante é a novela americana com o ex-diretor do FMI. Eu aprendi que uma camareira pode arrumar a cama e se prostituir ao mesmo tempo. Se duvidar, essa trama vira filme com direito a Kid Bengala no papel de francês que cai no conto do vigário, ou da vigária... digo, vigarista. Agora é legal a gente ver que os americanos foram mordidos pela própria língua, afinal de contas, fizeram do caso um verdadeiro preview de Hollywood, mas no final das contas, virou um suspense de Hitcock.

Outra coisa interessante é a incrível história dos supermercados que querem se fundir. O grupo Pão de Açúcar se prevalece de lacunas da lei brasileira e quer fundir tudo com o Carrefour. Até aí tá tudo normal, mas quando a gente começa a pensar no assunto, fica a dúvida, como chamar a instituição que vir sobre essa fusão? Hiper super ultra mega mercado? Quem vai gerenciar isso? O Super-Homem? Não sei o que pensar sobre isso, mas Abílio Diniz sabe, então tá tudo certo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário