Siga por Email

1 de maio de 2011

Flagra de Promoção

Gosto muito de ficar zapeando pela net lendo coisas que geralmente são interessantes, pelo menos para mim. No entanto, comecei a desenvolver uma síndrome perigosa... A Síndrome da Promoção. Quanto mais você abre sites de compras coletivas, lojas virtuais, catálogos de vendas on line, mais o desejo de comprar impera. A síndrome ataca aquela pessoa que tem certo poder aquisitivo (cartão de crédito) ou aquela pessoa que conhece alguém que tem certo poder aquisitivo (cartão de crédito). Aliás, chamar aquele site de compras coletivas é errado, porque o cartão de crédito é um instrumento de compras coletivas: o pai compra, também a mãe, o irmão, o cunhado, a sogra, o vizinho, o ladrão.

Esses dias comprei uma máquina de secar roupas pela internet. Detalhe: eu lavo as roupas em uma lavanderia, e não tenho máquina de lavar. Máquina de secar pra quê? Só se eu quiser secar o cabelo. Abro a máquina, entro no compartimento e vamos lá! Tem mais. Eu comprei um celular em promoção. Tenho 3 celulares. Pra quê mais um? Vou começar a distribuir celular pela casa, assim fica fácil receber ligação sem levantar.

Esses dias, a diarista aqui em casa sacou de sua armadura de limpeza um BlackBerry, mas ela estava ouvindo música com um I-PHODE, enquanto fazia a faxina. Quando eu perguntei sobre a tecnologia a sua disposição, ela disse que tinha aproveitado uma promoção.

Será que isso faz parte de algum plano consumidor ditado pelo universo capitalista? Será que é algum reflexo de novas estratégias de marketing para fazer você ser mais consumidor do que já é? Será que se trata da invasão alienígena querendo que quebre o mercado financeiro da classe C? Não sei. Só sei que o cartão de crédito do meu primo tá cheio de compras coletivas minhas.

A Síndrome, portanto, é uma doença transmissível. Todos estão suscetíveis a isso. Todos estão à mercê disso. Todos... Que promoção lega... Quit de sofá e mesa de oito lugares por uma bagatela... Tome cuidado pra não ser acometido pela doença. Até porque, quando a gente descobre, o remédio pode não estar disponível em promoção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário