Siga por Email

5 de setembro de 2011

10 anos da mesma coisa.

Depois de um certo tempo sem escrever, muito mais pela exigência que a vida profissional de um roteirista pode exigir, novamente estou aqui pra dizer que nada mudou:

- Depois da CPMF, vem aí o CPM22... Novo imposto do mercado fonográfico pra gerar maiores rendimentos para emprego na saúde, neste caso, saúde da alma.

- Luan Santana continua voando como uma libélula... Pelo menos foi o que aconteceu no Brazilian Day em plena Manhattan de Nova York.

- Todos continuam lembrando do 11 de setembro na semana que antecede o 11 de setembro. Há dez anos a gente vê o mesmo videoclip dos aviões batendo nas torres, do pentágono pegando fogo e da briga entre a Record e a Globo.

- Os políticos continuam fazendo Stand Up Comedy nas tribunas e nos canais governamentais. O PT, por ser o partido do governo, é o grande celeiro destes novos talentos que estão desbancando nomes consagrados como Rafinha Bastos, Diogo Portugal, Danilo Gentili e grande elenco. O último show foi coletivo na absolvição de Jaqueline Roriz. É muito mais divertido do que o Risadaria porque são comediantes chancelados pelo povo.

- A Hebe continua beijando muito celebridades estrangeiras. Até o dia que a corega descolar a perereca da boca... Daí eu quero ver colocar de novo o selinho no lugar.

- Um brasileiro sendo o segundo piloto da Ferrari. Antigamente o posto era ocupado por Rubinho, mas hoje é de Massa. Os brasileiros da nova geração realmente têm o talento pra ser o segundo. Rubinho fez escola. Pra que ficar conhecido como o primeiro, o melhor, o bom da boca... Se você pode sempre estar escondido na sombra do seu companheiro de equipe. Eles nos ensinam que nem sempre o líder é o cara...

Um comentário:

  1. O que eu acho o pior, o nojento, o medíocre - e essa em seu sentido pejorativo mesmo! - é, por dentro, dizer: Puta, eu vivo nesse lixo.

    http://diaahs.blogspot.com

    ResponderExcluir